Tor – o caminho para a deepweb

Tor – o caminho para a deepweb
Já falamos neste software em 2007, mas actualmente ele está em voga graças ao debate que surgiu sobre a chamada deepweb – ou em grosso modo o lado negro da internet.
No fundo este software permite um grau de privacidade elevado de uma forma fácil e eficaz e permite ter acesso a redes virtuais, domínios virtuais e servidores que estão vedados a quem não tiver este software. Embora o objectivo seja a privacidade e a divulgação de conteúdos censurados (como os dos dissidentes chineses), nesta rede abundam também os piores exemplos dos desvios da humanidade como a pornografia infantil. Lembre-se que isto é apenas software para o transportar. Aonde você quer ir é da sua responsabilidade.

Os pergaminho do mar morto

Os pergaminho do mar morto
Estes pergaminhos são considerados por muitos como a verdadeira bíblia escrita há quase 2000 anos antes do seu conteúdo se ter perdido um pouco na tradução. Graças ao Google é possível ver os originais e a sua tradução para inglês.

Vídeos estranhos

Videos estranhos
Este excelente site documenta e reúne uma série de vídeos, na sua maioria boletins informativos do passado, onde se podem apreciar alguns momentos estranhos da história, que vão desde catástrofes e acidentes, até às notícias mais mirabolantes ou violentas.

Os segredos dos judeus

Os segredos dos judeus
Excelente página sobre o revisionismo histórico em torno do papel dos judeus na história. Nesta página pessoal de um conhecido historiador revisionista podemos encontrar as suas visões alternativas da História, nos mais diversos campos. Desde a II Guerra Mundial até aos filmes de Spielberg, passando pelo assassinato de Kennedy e por serial killers, a sua interpretação alternativa e radical ingloba anti semitismo, teorias da conspiração, racismo, xenofobia e muito mais. Um bom ponto de partida para que quer saber mais sobre o revisionismo.

Danos colaterais

Danos colaterais
Na guerra do Iraque, o termo danos colaterais tornou-se demasiadamente vulgar, para denominar mortes de pessoas inocentes. Neste site está documentada em vídeo uma operação militar que se saldou por doze mortes de inocentes, incluído dois jornalistas da Reuters.

Renascença Americana

Renascença Americana
Este site é um dos expoentes máximos do ódio racial nos EUA com um historial invejavel. Desde há vários anos que publica notícias que estimulam a chamada superioridade branca e que apontam a comunidade negra americana como um conjunto de criminosos sub-humanos. Falacioso e destinado a idiotas é um dos males que se deve suportar em nome da liberdade de expressão.