O virus que chegou por email


O virus que chegou por email
Durante muito tempo peritos de segurança afirmavam que um vírus não podia ser enviado por email… mas depois veio o Melissa. Depois asseguravam que só a abertura do email activava o vírus… mas agora basta receber para se ficar contaminado. Esta noticia reporta serias razões para alarme. O perigo da correspondência electrónica nunca esteve tão elevado tudo graças as novas funcionalidades made in Microsoft.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *