Batalha pela Internet

Batalha pela Internet

Nos Estados Unidos está em debate a neutralidade da Internet que no fundo é manter todos os pontos da rede acessíveis a velocidade semelhantes. Porém as grandes empresas monopolistas da Internet por cabo nos EUA querem vender velocidades discriminatórias, colocando auto-estradas caras para os sites que possam pagar tráfego e mantendo mais lento o resto da Internet livre. Este atentado a forma democrática como a Internet está idealizada terá reflexos em todo o mundo sem a inovação e o surgimento de novos sites, a diversidade de informação e conteúdos prejudicado com ligações lentas ao passo que os sites pagantes e com fins comerciais será mais rápido. Neste site poderá saber mais e participar nesta luta.

Fappening

Fappening
Neste site estão a ser documentadas e partilhadas fotos de inúmeras celebridades norte-americanas. Não são umas fotos quaisquer, mas sim fotos intimas tiradas por telefones iPhone da Apple que aparentemente tem uma enorme falha de segurança nos serviços iCloud.

Reajusta a Net

Reajusta a Net
Depois dos constantes escândalos da devassa de privacidade online que os serviços de espionagem americanos da NSA que têm vindo a público várias instituições a nível muito lançaram um programa de sensibilização no sentido de todos os internautas se protegerem. Neste site estão as bases dessa campanha que passa pela entreajuda de todos os utilizadores da internet, programadores e empresas de lutem para que a Internet não seja um posto de escuta. Passar a palavra, usar programas e serviços mais seguros e criptografados é simples e se todos contribuirmos a Interntet poderá voltar a ser um espaço livre e democrático.

A vida de um estranho que me roubou o telemóvel

A vida de um estranho que me roubou o telemóvel
Um americano, após o roubo do seu smarthphone descobriu que o mesmo foi parar às mãos de um cidadão no Dobai, porque este ultimo se esqueceu de desligar as opções de backup. Revoltado e na impossibilidade de ver o seu telemóvel ser restituído decidiu expor o comprador do telefone roubado…

Olá NSA

Olá NSA
Depois do escândalo da descoberta de espionagem global que envolve a maioria das empresas americanas de internet e hardware, a soldo da agência NSA, nada como por aqueles gigantescos bancos de dados a funcionar
Usando algumas palavras-chaves nas redes sociais que activaram alertas em Fort George G. Meade, Maryland.

Parem de nos vigiar!!!

Parem de nos vigiar!!!
Recentemente trazido a público o programa PRISM da NSA norte-americana permite vigiar e interceptar não só as chamadas telefónicas mas a quase totalidade de envio de dados online além de verificar os seus hábitos e contactos na net. Num mundo que os americanos vigiam é preciso chegar a mensagem aos políticos americanos que ninguém quer um Tio Sam Big Brother. Aqui pode assinar uma petição global em protesto e ficar ao corrente do que esta a ser feito para influenciar o fim desta espionagem global.

Sites não são espiões

Sites não são espiões
A nova lei norte-americana denominada CISPA vai fazer com que os EUA possam fiscalizar todos os dados dos utilizadores dos sites desse país. Digamos que os seus dados no Google, Facebook, Twitter, Dropbox são agora passiveis de investigação por qualquer departamento estatal dos EUA. Este site esta a chamar a atenção para que este pesadelo legal para os cibernautas de todo o mundo não passe no senado americano.

Vão tomar conta da Internet!

Vão tomar conta da Internet!
A Internet tal como a conhecemos está ameaçada. Uma entidade que junta vários governos denominada
World Conference on International Telecommunications (WCIT) quer fazer tomar o controlo e a gestão da Internet, passando a rede a ser gerida por uma agência controlada pelos países poderosos do costume na ONU (EUA, Rússia e China) que nunca respeitaram critérios mínimos de direitos humano como a liberdade de expressão, o direito à privacidade etc. Para que este pesadelo não suceda faça sentir a sua indignação!