Carta ao Pai Natal
Com a aproximação do Natal, e à semelhança do que fizemos no ano passado, o LNW orgulha-se de apresentar (mais uma vez) O gerador de cartas para o pai Natal.
Segundo as centenas de milhares de emails que recebemos parece que aquilo funciona, tenham por isso cuidado com o que pedem!



Etiquetas:




4 Comments

Querido Pai Natal:
Neste natal eu gostaria que me pagasses o resto da casa e me desses um bom emprego, invejoso eu?!?!? não, invejoso é o banco que para pagar uma casa cobram-me 3 casas, mas para ir buscar o dinheiro dos contribuintes (que o governo pôs a disposição dos bancos) ja não ha juros para ninguem, das uma ou resolves estas injustiças ou continuo a querer que me des uma casa pelo natal.
Cumprimentos são Nicolau

Comment by Nuno Pina — 6 Novembro, 2008 @ 14:33

ola tolo

Comment by ana — 20 Novembro, 2008 @ 9:05

Pai Natal:

Queo me páres de me foder a vida.

Obrigada, No “f*****” Way.

Comment by NoWay — 22 Novembro, 2008 @ 1:31

Querido Gordo vermelho gorduroso,
este ano eu fui um grandessissimo animal que se fartou de fazer os trabalhos de casa e, sempre que podia, pontapeava os putos na escola. Este ano ainda joguei ao berlinde com o olho de vidro do meu tio e dei dinheiro aos pobres. Por isso, Pai Natal, eu creio que este ano mereço montes de porrada nos cornos.

Agora para a minha familia, queria o seguinte:
Para a minha mãe gostava que lhe oferecesses um vibrador de 750000 wats.
Para o meu pai, um exame � prostata.
Para o meu pequeno irmão, diarreia de 3 dias.
Para a minha irmã, uma alergia ao latex.

Mas por favor, se não puderes conceder-me estes desejos, lembra-te que o que eu quero mesmo é paz no mundo.

…Ah, é verdade… lembras-te da Puta da rua ao lado? essa excelente pessoa tem sido, durante todo o ano, um troll arrogante. por isso quero que lhe ofereças um conjunto de facas japon�s!

Bom, acho que por este ano é tudo!
Por isso me despeço com um grande pux�o nesses pintelhos faciais!
Assinado: O cabrão que te fodeu a vida do ano passado

Comment by José Chaves — 18 Fevereiro, 2009 @ 1:14

Deixe um comentário

Nome (obrigatório)

email (não será publicado) (obrigatório)

Website

Comentário